“Mantenhamos intacto o princípio: aquele que se abre ao exterior deve abrir-se igualmente ao interior, ou seja, a Cristo. Aquele que precisa de ir mais longe para socorrer necessidades humanas dialogue mais intimamente com Cristo. Aquele que deve chegar a ser contemplativo na ação procure encontrar no intensificar desta ação a urgência para uma contemplação mais profunda” P. Pedro Arrupe sj, 1977.

Ver também O Caminho do Coração, o itinerário formativo da Rede Mundial de Oração do Papa.

– A REDE MUNDIAL DE ORAÇÃO DO PAPA, UMA PARTICIPAÇÃO NA DINÂMICA DO CORAÇÃO DE JESUS